Usuário
Password
Esqueceu sua senha?

Salta: a região mais nortenha

Altura do vinhedo: 1.500 a 3.000 metros sobre o nível do mar
Temperatura média anual: 18 °C
Chuva média anual: 200 mm por ano
Superfície de vinhedos: 3.047,93 ha
Principais regiões:Cafayate
Varietais predominantes:Torrontés, Malbec, Cabernet, Sauvignon e Tannat

Salta está a 26° 23’ de latitude sul e 68° 33’ de longitude oeste. A região vitivinícola destacada é a denominada Valles Calchaquíes, destacando-se a localidade de Cafayate que concentra 70 % dos vinhedos do Valle.

Conta com mais de 3.200 hectares cultivados, dos quais 99% são destinados à produção de vinhos finos. A zona cultivada com vide começa aos 1.500 metros de altitude sobre o nível do mar e se estende para além dos 2.000 metros, atingindo os 3.111 metros, transformando-se assim na região vitivinícola mais alta do mundo.

Entre seus vinhos mais destacados está o Torrontés Riojano, vinho muito frutado, considerado a expressão mais fina desta província.

CAFAYATE

Cafayate possui um microclima especial para o cultivo da videira. Seus vinhedos desfrutam do sol durante todos os dias do ano. Situado a mais de 1.700 metros acima do nível do mar, possui solos franco-arenosos, formados a partir de grandes grãos com cascalho miúdo e areia fina na superfície. Estas são características similares às das camadas do subsolo, porém com porções de areia mais fina na profundidade e inclusão de cantos rodados.

O clima é temperado, não rigoroso, com grande amplitude térmica. Esta faz com que as plantas não estejam estressadas de noite e continuem sintetizando material corante, aromas e sabores, pelo que os vinhos em geral são de muito boa cor, aromas e sabores vivazes e com taninos intensos e maduros. Tanto os brancos como os tintos se caracterizam pela presença de frutas, bem como pela grande tipicidade varietal.

Mapa da região