Usuário
Password
Esqueceu sua senha?
REGIÃO CUYO

REGIÃO CUYO

O INÍCIO DAS PLANTAÇÕES DE VINHEDOS NA REGIÃO DE CUYO

Na época da colonização, os cultivos de videiras e de oliveiras foram introduzidos precocemente. As vinhas existiram em quase todo o território habitado pelos europeus das atuais Repúblicas da Argentina e do Paraguai, embora as zonas mais propícias para a difusão fossem os vales da cordilheira e pré-cordilheira, e os oásis situados nas planícies. Destaca-se a região cuyana constituída por San Juan e Mendoza. Em ambas, a videira foi introduzida desde o Chile ou Santiago del Estero, no início da fundação dos povos e da ocupação do espaço, constituindo, no início do século XVII, o eixo da economia de ambas. A indústria foi crescendo até se transformar na atividade predominante da economia regional.

Em San Juan, foi se gestando desde o início hispânico, e de forma similar à de Mendoza, uma elite urbana dominante que se manteve ao longo dos séculos XVIII e XIX. Foi constituída pelos vizinhos proeminentes da cidade que pertenciam ao estrato econômico mais alto da sociedade. Dedicavam-se às atividades econômicas mais rentáveis: a agricultura, o comércio e o transporte, atividades impossíveis de desvincular da vitivinicultura.

Mapa da região